Pedagogia da Sensibilidade

O que é

A Pedagogia da Sensibilidade trabalha a teoria e a prática da educação moral e formação do caráter do homem, considerando-o um ser integral – inteligência e sentimento – existindo para um fim superior na vida. Sua base está em três princípios: educação com amor, educação com exemplo, educação com experiência própria. Estuda e desenvolve os valores humanos, promovendo a sensibilização dos sentimentos e a compreensão da vida, fazendo com que o educando tenha atitudes conscientes de valorização de si mesmo e dos outros.

Sensibilidade

Eis a sensibilidade: 1. Faculdade de experimentar sentimentos de humanidade; 2. possui graus variados de intensidade; 3. depende dos estímulos e do afeto que recebe; 4. exterioriza-se através da compaixão e da alegria; 5. sua promoção é feita através dos relacionamentos interpessoais; e 6. é característica predominante do homem moral. Podemos vislumbrar pela Pedagogia da Sensibilidade este conceito: Sensibilidade é o maior ou menor grau de sensibilização da consciência moral às faltas cometidas, assim como ao bem realizado.

Práticas e vivências

A Pedagogia da Sensibilidade trabalha no sentido de dispor o educando para fazer por si mesmo a conquista das virtudes. Isso não será alcançado pelo simples estudo teórico, necessário porém incompleto sem a prática, sem a experiência viva, pois o educando deve se sensibilizar diante do próximo através da resolução de conflitos, da cooperação, do exercício da fraternidade e da solidariedade. Tanto no lar como na escola devem ser propiciados ao educando práticas reais de vivência solidária, ao mesmo tempo em que exercita o conhecimento de si mesmo, como ser integral que é.

O sentimento é conteúdo e também expressão das nossas relações, e tem por objetivo auxiliar na avaliação e compreensão do processo racional de tomada de decisão diante da vida. A Pedagogia da Sensibilidade leva o educando a se sensibilizar diante da vida e do próximo, a se descobrir como ser integral, a agir em benefício de si mesmo e dos outros.

Metodologia

Para chegarmos às suas finalidades e consequências necessitamos colocar em ação uma metodologia interativa, mesclando conteúdo curricular com atividades de desenvolvimento dos sentimentos: exercícios de vida; práticas de bondade; vivências de solidariedade; técnicas de sensibilização; atividades de desenvolvimento do instinto, do cognitivo, do sentimento; técnicas de estudo; jogos cooperativos e jogos para estimulação das relações interpessoais.